MATERIAIS
Teste O Compromisso De Sua Igreja Com Missões

Associação de Conselhos Missionários de Igrejas

- Começando com uma boa definição:

Há muitas maneiras de definir a palavra “missões”. Uma delas é fruto do resultado de uma pesquisa realizada entre igrejas envolvidas em missões. Entendo missões como: qualquer esforço com o propósito de cumprir a Grande Comissão, indo além das necessidades da igreja local e tentando suprir as carências humanas, espirituais e físicas – através da proclamação do Evangelho de Jesus Cristo e fazendo discípulos. E é nessa definição que este questionário é baseado.

- Medindo o seu progresso até agora:

Esta auto-avaliação é composta de dez escalas que representam aspectos essenciais do ministério de uma igreja local envolvida em missões. Para avaliar o ministério da sua igreja, marque com um “X” onde melhor representa o envolvimento atual da sua igreja com missões. As escalas indicadas não mostram níveis mutuamente exclusivos de compromisso, mas foram formuladas para sugerir elementos que contribuem para a maturidade de missões da igreja local. Obs. Na escala, 4 e 5 equivalem a “ótimo”; 1, 2 e 3 “no caminho”. O ponto “0” é considerado o nível inicial ou ponto de partida para o envolvimento sério.


I. LIDERANÇA

Pastor

Pontos

5 ( ) Motiva e equipa a maior parte dos membros da igreja para o envolvimento missionário.

4 ( ) Consistentemente estimula alguns membros a se envolver de alguma forma com missões.

3 ( ) Ensina com conhecimento sólido; atualiza-se constantemente através de livros e cursos missionários.

2 ( ) Prega de 3 à 6 sermões sobre missões por ano; mantém bom contato com o departamento de missões.

1 ( ) De vez em quando menciona missões no culto.

0 ( ) Reconhece que é de sua responsabilidade motivar o papel da igreja local em missões.

-1 ( ) De vez em quando pensa em missões.

-2 ( ) Tem pouco interesse em missões.

Departamento de Missões (MNI)

Pontos

5 ( ) Pelo menos a metade dos membros da MNI é treinada através de seminários, cursos de missões, etc.

4 ( ) A MNI, ou pelo menos parte dela, se reúne de 3 à 4 vezes por mês para dirigir os programas de missões.

3 ( ) Os membros da MNI tem por escrito uma descrição de suas responsabilidades. Os novos recebem orientação.

2 ( ) Os membros da MNI são eleitos para um mandato superior a um ano e não muda tudo a cada eleição.

1 ( ) A MNI está estabelecida e funciona regularmente.

0 ( ) A igreja reconhece a importância da existência e permanência constante de um departamento de missões.

-1 ( ) O pastor ou indivíduos responsáveis tratam dos assuntos sobre missões quando há necessidade.

-2 ( ) Não existe uma MNI ativa; os assuntos referentes a missões são tratados esporadicamente.

Estratégia

Pontos

5 ( ) O ministério de missões é guiado por uma política compreensiva e bem planejada.

4 ( ) A política missionária é reexaminada a cada ano e regularmente utilizada para tomar decisões básicas.

3 ( ) Existe uma política missionária por escrito e cópias foram distribuídas a todos os membros da igreja.

2 ( ) Está em fase de desenvolvimento uma “Política de Missões” que abrange todas as áreas de missões.

1 ( ) Existe uma política missionária por escrito apenas para questões importantes.

0 ( ) Percebe-se a necessidade de ter uma política por escrito para missões.

-1 ( ) A igreja funciona com base em uma política missionária que não está escrita.

-2 ( ) A igreja não acha necessária uma política missionária.


II. ESTÍMULO

Os Alvos

Pontos

5 ( ) Os alvos principais estão sendo atingidos.

4 ( ) Existe planejamento para longo prazo e estabelecimento de alvos de longa duração.

3 ( ) Os alvos são perseguidos fielmente e anualmente reavaliados.

2 ( ) A visão da igreja para missões está constantemente sendo expandida através de informações e oração.

1 ( ) Alguns alvos específicos são estabelecidos nas áreas de planejamento, oração, finanças, recrutamento, etc.

0 ( ) A igreja reconhece a necessidade de estabelecer alvos missionários específicos na área de missões.

-1 ( ) Alguns alvos missionários gerais são determinados.

-2 ( ) A igreja não vê a necessidade de estabelecer alvos missionários.

Educação

Pontos

5 ( ) O currículo de missões está incorporado consistentemente ao programa total da igreja.

4 ( ) Alguém o nível de conhecimento da igreja sobre missões e supervisiona a instrução missionária regularmente.

3 ( ) Recursos educativos sobre missões estão disponíveis e sendo usados continuamente.

2 ( ) Foi feita uma pesquisa na igreja para saber o nível do conhecimento missionário da igreja.

1 ( ) O estímulo missionário é mantido através de uma conferência anual ou de seminário(s) sobre missões.

0 ( ) A necessidade de uma ênfase contínua na educação sobre missões é reconhecida.

-1 ( ) A igreja tem instrução ocasional sobre missões.

-2 ( ) Existe pouca ou nenhuma educação sobre missões a nível de igreja local.

Visão e Oração

Pontos

5 ( ) A visão para missões é vista pela oração fervorosa, aumento das ofertas missionárias e recrutamento ativo.

4 ( ) A igreja distribui pessoal e recursos financeiros de acordo com visão e estratégia mundial.

3 ( ) A igreja está ciente da necessidade de alcançar povos não-alcançados ou aqueles ainda não convertidos.

2 ( ) A visão da igreja para os povos não-crentes está constantemente sendo expandida com informações e oração.

1 ( ) A visão da igreja investe em missões fora da igreja local.

0 ( ) A igreja reconhece a sua responsabilidade em ajudar a cumprir a Grande Comissão.

-1 ( ) A igreja tem algum conhecimento sobre a Grande Comissão e a tarefa ainda inacabada.

-2 ( ) A igreja tem pouquíssimo conhecimento sobre a tarefa ainda não acabada de evangelização do mundo.

Recrutamento e Pastoreamento

Pontos

5 ( ) A igreja identifica, encoraja e ajuda no preparo e envio de missionários da sal própria membresia.

4 ( ) A igreja mantém bons relacionamentos e trabalha junto com agências enviadoras de missionários.

3 ( ) A igreja tem um programa contínuo de discipulado, aconselhamento e orientação do serviço missionário.

2 ( ) A liderança da igreja identifica aquelas pessoas com dons espirituais para o serviço transcultural.

1 ( ) A igreja oferece aos seus membros vários tipos de oportunidades, como missões de curto prazo, por exemplo.

0 ( ) Os membros sabem que devem participar do recrutamento, treinamento, envio e cuidado dos missionários.

-1 ( ) O trabalho missionário é encorajado, mas nenhum passo está sendo dado para recrutar, treinar e enviar.

-2 ( ) O trabalho missionário não está sendo encorajado.


II. APOIO FINANCEIRO

Cuidado Missionário

Pontos

5 ( ) A igreja identifica, encoraja e ajuda no preparo e envio de missionários da sal própria membresia.

4 ( ) A igreja mantém bons relacionamentos e trabalha junto com agências enviadoras de missionários.

3 ( ) A igreja tem um programa contínuo de discipulado, aconselhamento e orientação do serviço missionário.

2 ( ) A liderança da igreja identifica aquelas pessoas com dons espirituais para o serviço transcultural.

1 ( ) A igreja oferece aos seus membros vários tipos de oportunidades, como missões de curto prazo, por exemplo.

0 ( ) Os membros sabem que devem participar do recrutamento, treinamento, envio e cuidado dos missionários.

-1 ( ) O trabalho missionário é encorajado, mas nenhum passo está sendo dado para recrutar, treinar e enviar.

-2 ( ) O trabalho missionário não está sendo encorajado.

Ofertas Individuais

Pontos

5 ( ) Uma média de R$ 50,00 por mês, por pessoa que assiste aos cultos principais é dirigida para missões.

4 ( ) Uma média de R$ 30,00 por mês, por pessoa que assiste aos cultos principais é dirigida para missões.

3 ( ) Uma média de R$ 20,00 por mês, por pessoa que assiste aos cultos principais é dirigida para missões.

2 ( ) Uma média de R$ 10,00 por mês, por pessoa que assiste aos cultos principais é dirigida para missões.

1 ( ) Uma média de R$ 5,00 por mês, por pessoa que assiste aos cultos principais é dirigida para missões.

0 ( ) Uma média de R$ 2,00 por mês, por pessoa que assiste aos cultos principais é dirigida para missões.

-1 ( ) Uma média de R$ 1,00 por mês, por pessoa que assiste aos cultos principais é dirigida para missões.

-2 ( ) Uma média de R$ 0,50 por mês (ou menos), por pessoa que assiste aos cultos principais é dirigida para

missões.


Orçamento

Pontos

5 ( ) 50% da arrecadação total da igreja é separada para missões.

4 ( ) 45% da arrecadação.

3 ( ) 40% da arrecadação.

2 ( ) 30% da arrecadação.

1 ( ) 20% da arrecadação.

0 ( ) 10% da arrecadação.

-1 ( ) 5% da arrecadação.

-2 ( ) 2% da arrecadação.


- Decidindo para onde ir:

Não fique desanimado se o resultado for abaixo de suas expectativas. O ministério de cada igreja local de encontra em etapas diferentes de desenvolvimento. De fato, o propósito dessa auto-análise é de ajudar a avaliar qual etapa a igreja está desenvolvendo no momento e apontar áreas com potencial para crescimento. Não seria aconselhável para uma igreja tentar passar de níveis de compromisso do dia para a noite.

Serão precisos muita oração e planejamento cuidadoso, definindo cada passo, para ajudar sua igreja a aprofundar seu compromisso com missões.

(Esta auto-avaliação foi desenvolvida pela ACMC, cujo propósito é mobilizar igrejas evangélicas a ter um envolvimento efetivo na evangelização do mundo.)